Dezembro 2018
  GMT -03:00
 






Saudação à Bandeira de Botucatu




"Bandeira de minha terra," (*1)
Bandeira de céu anil,
Doce brisa a Cuesta encerra,
Desenhando o teu perfil.

No círculo d`ouro mostras
Dos munícipes a união,
Coração que sempre acolhe
O imigrante, o irmão.

Tuas riquezas naturais,
Verdes matas, água pura,
Cachoeiras e animais,
Flor de encanto e belezura!

Bandeira de muita luta,
Inspiras sonho, esperança.
És a marca da labuta,
Tens a fé como fiança.

Mapa de terra gloriosa,
Traçado em som musical,
Cantado em verso e prosa,
Desde o início até o final.

Recebe, pois, nosso preito,
Bandeira que é nossa luz,
Amar-te com todo respeito
É o ideal que nos seduz.

(*1- "Nossa Bandeira"- Guilherme de Almeida)






Biografia

Carmen Sílvia Martin Guimarães é botucatuense e membro da Academia Botucatuense de Letras (ABL) desde 1993, instituição da qual é vice-presidente. É autora dos livros "Familiando... em Prosa e em Verso" (2011), "Cem Anos das Marcelinas no Brasil (2012) e "Aprendendo a aprender ... o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa" (2015). Atuou como professora, coordenadora e diretora em diversos estabelecimentos de ensino na cidade. Atualmente, é professora aposentada.
  Todos os Direitos Reservados - 1997 - 2018 - Desenvolvido por Decisão Informática