Dezembro 2017
  GMT -03:00
 






Notícia


Sessão após o recesso tem 35 requerimentos apresentados e dois projetos aprovados em plenário
8/8/2017 10:38 - Assessoria de Imprensa
A Câmara Municipal de Botucatu retomou suas atividades em sessões ordinárias na noite desta segunda-feira, 07, após um curto período de recesso legislativo. O último encontro dos vereadores para uma sessão tinha acontecido no dia 17 de julho. No retorno das atividades, mais de três horas de trabalhos, dezenas de matérias apresentadas e projetos apreciados em Ordem do Dia.

Durante o Pequeno Expediente, foram lidas as ementas de 35 requerimentos encaminhados pelos 11 vereadores. Além dos pedidos, outras 10 moções foram apresentadas, sendo nove delas de congratulações e uma de repúdio. Não houve nenhuma indicação apresentada. Cada legislador tem direito de apresentar até cinco proposituras durante esse espaço, incluindo requerimentos, moções e indicações.

A segunda parte da sessão foi marcada pela participação dos vereadores na tribuna da Casa durante o Grande Expediente da noite. Fizeram uso da palavra os vereadores: Abelardo [PMDB], Alessandra Lucchesi [PSDB], Carlos Trigo [PDT], Cula [PSC], Carreira [PSB], Izaias Colino [PSDB], Jamila [PSDB] e Zé Fernandes [PSDB]. Entre 21 e 22h45 [desde que a fala tenha se iniciado até às 22h30], os vereadores têm até 15 minutos cada para uso da tribuna.

Durante a Ordem do Dia, dois projetos foram analisados pelos vereadores. O primeiro deles, Projeto de Lei 25/2017, de autoria do vereador Sargento Laudo [PP], que institui em Botucatu o “Junho Verde”. O segundo, um Projeto de Resolução 03/2017, de iniciativa dos Membros da Mesa, que regulamenta a utilização do Plenário da Câmara Municipal de Botucatu por terceiros dá outras providências. Ambos foram aprovados pela unanimidade dos vereadores.