Novembro 2017
  GMT -03:00
 






Notícia


Sessão da Câmara tem 30 proposituras apresentadas e dois projetos apreciados em Ordem do Dia
14/11/2017 15:20 - Assessoria de Imprensa
A Sessão ordinária da Câmara Municipal de Botucatu da última segunda-feira, 13, teve mais de três horas de duração e dezenas de proposituras analisadas pelos vereadores. No total, apenas na parte do pequeno expediente, foram 30 proposituras analisadas, além de mais dois projetos apreciados em Ordem do Dia e a utilização da Tribuna Livre da Casa. Tudo com a participação dos 11 legisladores.

Logo no início da sessão, três projetos foram anunciados pela secretária, vereadora Alessandra Lucchesi e seguem para os trâmites internos da Casa. São eles: PL 57/2017, da vereadora Alessandra Lucchesi, que declara de Utilidade Pública o 'Instituto Anglicano de Botucatu'; O PL 58/2017, da mesma legisladora, que denomina de “Paulo Panhoza” o trecho remanescente da Estrada Municipal BTC 360; E o Projeto de Decreto Legislativo 16/2017, do vereador Cula, que concede o Diploma de 'Honra ao Mérito” a José Carlos Broto, em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados ao município.

Durante o Pequeno Expediente, foram 30 proposituras apresentadas, estando elas divididas em: 25 requerimentos com solicitações diversas de demandas da cidade e mais cinco moções, sendo quatro delas de congratulações e uma única de aplausos.

Na Ordem do Dia, três projetos foram para apreciação dos vereadores. O primeiro deles, foi o Projeto de Lei 44/2017 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que dispõe sobre a venda de imóveis de propriedade do Município de Botucatu, que acabou aprovado pela maioria dos vereadores. Além desse, foi aprovado pela unanimidade dos vereadores, o PL 29/2017, de autoria do vereador Izaias Colino, que dispõe sobre a obrigatoriedade de álcool em gel em praças de alimentação.

Durante o Grande Expediente, fizeram uso da palavra os vereadores: Cula, Carreira, Jamila, Izaias Colino e Zé Fernandes. Além disso, Valdir Paixão, atual secretário municipal de Educação de Botucatu, utilizou a Tribuna Livre da Câmara para falar sobre o Fórum da Educação.