Setembro 2018
  GMT -03:00
 






Notícia


Izaias Colino e Paulo Renato preocupados com a falta de kits de exame de sangue no município
27/2/2018 14:37 - Assessoria de Imprensa
Foi amplamente divulgada na mídia e causou preocupação nos vereadores Izaias Colino [PSDB] e Paulo Renato [PSC] a notícia da suspensão de realização de diversos exames laboratoriais no município em função da falta de “kits” para a dosagem.

“Foram suspensos exames rotineiros, necessários para detectar uma grande variedade de moléstias, com a justificativa de que houve aumento da demanda e atraso na entrega de kits por parte de um fornecedor. É muito grande o número de munícipes que dependem exclusivamente do sistema público de saúde, que não podem arcar com os altos custos de um atendimento privado, nem com os elevados custos dos exames. Temos que saber em detalhes o que está acontecendo”, explica o presidente Izaias Colino.

O requerimento aprovado por unanimidade dos vereadores em 26/02 tem dois encaminhamentos. Ao chefe de gabinete do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, José Carlos Souza Trindade Filho, os vereadores perguntam qual é a empresa responsável pelo fornecimento dos “kits de exame” e o que a mesma alega para justificar o atraso na entrega; desde quando o problema vem ocorrendo e que medidas já foram tomadas a fim de regularizar a situação; qual a previsão para a chegada dos “kits" e se é possível aplicar alguma punição ao fornecedor em razão do atraso.

Já ao secretário municipal de Saúde, André Spadaro, eles solicitam informações, a título de urgência, sobre as medidas que estão sendo adotadas para atender a demanda imediata por exames na cidade.