Novembro 2018
  GMT -03:00
 






Notícia


Fiscal do trabalho em falta na cidade causa demora nos serviços prestados
6/9/2018 10:50 - Assessoria de Imprensa

Desde que o fiscal do trabalho alocado em Botucatu aposentou, o Ministério do Trabalho da cidade deixou de contar com esse profissional. Cada vez em que é preciso atuar na fiscalização trabalhista, um funcionário de Bauru é deslocado para o município. Pensando em resolver a situação, o vereador Zé Fernandes [PSDB] fez um pedido à Gerente Regional do Trabalho e Emprego em Bauru na sessão ordinária de 3 de setembro: informações sobre a possibilidade de viabilizar a cessão de um Fiscal do Trabalho para atuar no Ministério do Trabalho de Botucatu.


 

“Esse deslocamento do funcionário de Bauru só deixa o trabalho aqui mais demorado, causa transtornos à nossa população. O ideal é ter um fiscal do trabalho exclusivo para Botucatu”, comenta o vereador.


 

O Ministério do Trabalho é o órgão público responsável pela implantação e aplicação das políticas trabalhistas e possui competência para compor acordos entre trabalhadores e empregadores de forma mais rápida. Ele tem como dever fiscalizar o cumprimento das normas que regem a relação empregador/empregado.

O requerimento também foi assinado pelos vereadores Sargento Laudo (PP) e Jamila (PSDB).