Setembro 2019
  GMT -03:00
 






Notícia


Vereador pede aumento no valor de aluguel do Ginásio com repasse de porcentagem para o esporte
2/7/2019 16:29 - Assessoria de Imprensa
Buscando uma nova fonte de recursos para a pasta do esporte e lazer da cidade, o vereador Abelardo [MDB] utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para encaminhar por meio de um requerimento, um pedido oficial para que o município reveja o valor cobrado em aluguel do Ginásio Municipal para eventos de grande porte, uma vez que o mesmo se encontra defasado.

O documento, que foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores, foi encaminhado ao prefeito municipal, Mário Pardini, pedindo para que o mesmo determine a realização de estudos com o intuito de revisar o valor pago na diária para utilização do Ginásio Municipal “Governador Mário Covas”, passando de dois mil reais para doze mil reais, bem como a possibilidade de que 20% do valor arrecadado seja destinado para ações relacionadas ao esporte e lazer. 

No requerimento, o vereador afirma que de acordo com Decreto nº 5.747, de 19 de setembro de 1.997, alterado pelo Decreto nº 6.231, de 06 de março de 2001, que “Dispõe sobre Regimento Interno do Ginásio Municipal de Esportes de Botucatu”, em seu Art. 13, estipula o preço público de R$2.000,00 [dois mil reais] a diária para a utilização do espaço do Ginásio Municipal de Esportes “Governador Mário Covas”.

Para o vereador, um valor muito baixo para eventos que geram lucros muito altos aos empresários. “Ao considerar-se que a última alteração no valor da diária foi em 2001, o que já o torna defasado. E, tendo em vista que quando alugado para eventos, os lucros oriundos da utilização do local estão bem aquém do valor de locação de qualquer outro espaço, é fundamental que exista um aumento considerável e que esse valor seja repassado para incentivo ao esporte e ao lazer públicos”, afirma Abelardo.