Setembro 2019
  GMT -03:00
 






Notícia


Vereadora encaminha homenagens ao Centro Cultural e ao Projeto Jequitibá
4/9/2019 15:27 - Assessoria de Imprensa
 Nem só da busca por resolução de demandas da população vivem os vereadores. Eles também têm a oportunidade de reconhecer e valorizar trabalhos bem desenvolvidos no município e foi essa oportunidade aproveitada pela primeira secretária da Câmara Municipal, vereadora Jamila [PSDB] que encaminhou duas Moções de Congratulações durante a última sessão ordinária, sendo uma para o Centro Cultural e outra ao Projeto Jequitibá. Ambas aprovadas pela unanimidade dos demais legisladores.

Na primeira homenagem a vereadora cita todo o histórico de dados do Centro Cultural de Botucatu, seu poderoso acervo e sua importância no fomento da cultura na cidade e destaca o fato de que em meio a uma grande crise financeira e deterioração de parte do acervo, voluntários coordenados pela historiadora Maria Joana Tonon, se reuniram em 2017 e iniciaram um trabalho de resgate do patrimônio do local. Com muita dedicação e empenho, a historiadora e voluntários, até o momento, realizaram a higienização e ordenação do acervo do CCB o que já proporcionou uma relevante melhoria no ambiente da instituição e na conservação e manutenção de todo o material catalogado.

Atualmente o local deve iniciar a reestruturação completa da instituição, visando proporcionar uma estrutura mais adequada para a conservação do arquivo e para uso da comunidade. Diante do trabalho prestado em prol da preservação da história e do patrimônio literário, a vereadora homenageou os seguintes voluntários: Maria Joana Tonon, André Bernardo, Andréa Morato, Caic de Paula, Edy Montenegro, Edivaldo Antônio de Pontes, Florivaldo Sérgio di Credo, Giovanni Fabris, Ivan Roque de Barros Filho, João Vernek, Kayla Karolayne, Leonor Dias Batista, Lívia Taís Tonon, Lúcio Kiyoyas Hamaguti, Marcelo da Cruz Lopes, Maria Aparecida Fermino da Silva, Maria Natalina Tonon, Rafael Ramos da Silva, Eladio Gonçalves, Solange Frigato e Valter Roberto Barbin, além do presidente do Centro Cultural de Botucatu, Moacir Bernardo, pelos relevantes serviços prestados na reestruturação da instituição visando a preservação de seu acervo e da memória cultural de Botucatu.

Na segunda homenagem, Jamila cita que recentemente um mutirão foi realizado no espaço do CCI “Aconchego” visando a implantar canteiros com as principais plantas alimentícias e medicinais utilizadas pelos idosos assistidos pela instituição. O trabalho foi uma inciativa do Projeto Jequitibá, desenvolvido pelo Instituto Floravida, com a participação do Grupo Timbó de Agroecologia da UNESP de Botucatu, além de idosos da UBS do Jardim Iolanda.

O Projeto Jequitibá trabalha atualmente a educação ambiental de forma contínua com idosos, chegando ao seu 3º ano de atuação, sendo viabilizado por parcerias com a Fundação Banco do Brasil e com a Duratex. Ao longo deste ano estão sendo desenvolvidas diversas atividades junto ao Centro de Referência em Assistência Social [CRAS] Leste, ao CCI “Aconchego” e Unidade Básica de Saúde do Jardim Iolanda.

A Moção de Congratulações foi encaminhada aos integrantes do Projeto nas pessoas de seus coordenadores, Stéfano Fais Demattê Gomes e Aline Praxedes Mesquita, pelo mutirão realizado no Centro de Convivência do Idoso “Aconchego” visando implantar canteiros com as principais plantas alimentícias e medicinais a serem utilizadas pelos idosos assistidos por referida instituição.