Dezembro 2019
  GMT -03:00
 






Notícia


Vereador cobra que município resolva questões contratuais que possui com a CPFL
11/9/2019 14:03 - Assessoria de Imprensa
 Os serviços prestados pela concessionária que opera a rede elétrica da cidade são frequentemente questionados e buscando uma solução para o problema, o vereador Izaias Colino [PSDB] utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para cobrar do Poder Executivo, uma resolução dos problemas contratuais relacionados à Companhia Paulista de Força e Luz.

De acordo com o vereador, a CPFL atua em Botucatu há alguns anos sem possuir um contrato vigente com o município. Graças a uma decisão judicial a concessionária segue prestando serviços à população. “Chegou ao meu conhecimento que a Companhia Paulista de Força e Luz opera sem contrato em vigor, em vez disso, realiza seus serviços diante de uma liminar que o município conseguiu impedindo que a mesma deixasse a cidade”, comenta.

A busca de Colino é por uma solução do problema. “É de conhecimento geral de que os serviços prestados pela CPFL deixam muito a desejar na cidade e então precisamos de respostas. Fica complicado exigir melhorias sem um contrato de gestão vigente. Essa situação eventualmente pode ocasionar a falta de investimentos por parte da concessionária no município, acarretando na prestação de um serviço com pouca qualidade”, explica o vereador.

O requerimento foi encaminhado ao prefeito municipal, Mário Pardini, e pede para que o mesmo encaminhe as seguintes informações sobre a situação da CPFL em Botucatu: A CPFL ainda está em contrato com o município? Se não está, existe liminar que a mantém operando em Botucatu? Quais as providências que o município está tomando para que os munícipes não continuem tendo toda a gestão do Parque Elétrico gerido por uma liminar, que é uma situação muito precária.